TéCNICO EM ENFERMAGEM

Informações

Início do curso: 17/05/2021

Encerramento do curso: 26/09/2023

Horário: 19h às 22h

Frequência: segunda a sexta

Carga horária: 1600 horas

OBSERVAÇÕES: Não

GRATUITO: Não

Valor: R$ 8.411,76

Valor parcelado: 36 parcelas de R$ 233,66

Vagas: 50, sendo 0 gratuitas.

Unidade: Idade mínima:17 anos. Escolaridade: Cursando, no mínimo, o 2° ano do Ensino Médio. Documentos exigidos para matrícula: Documento de identidade. CPF. Comprovante de escolaridade. Comprovante de residência.

O Técnico em Enfermagem presta assistência a indivíduos e grupos sociais, atuando na educação, promoção, prevenção, recuperação e reabilitação dos processos saúde-doença em todo o ciclo vital, nos diferentes graus de complexidade do ambiente e gravidade dos clientes nos diversos serviços de saúde.
No ambiente intra-hospitalar atua na assistência direta e indireta aos clientes das unidades de baixa, média, alta complexidade e de cuidados paliativos; participa de comissões de certificação de serviços de saúde, tais como núcleo de segurança do paciente, serviço de controle de infecção hospitalar, gestão da qualidade, gestão de riscos, comissões de ética de enfermagem, transplantes, óbitos e outros.
No ambiente extra-hospitalar atua em diferentes tipos de instituições, tais como ambulatórios de especialidades médicas, centros de parto normal, unidades de pronto atendimento, centros de educação infantil, escolas, instituição de longa permanência e centro de referência de atenção à saúde; atua, ainda, em instituições que prestam atendimento pré-hospitalar e serviços de diagnósticos, de resgate, remoção e transporte de clientes e em programas de saúde pública como Estratégia de Saúde da Família.
O Técnico em Enfermagem formado pelo Senac tem como pilares de sua atuação profissional a humanização na assistência em saúde, a segurança do paciente e a postura profissional; é comprometido com a produção do cuidado prestado nos diferentes contextos socioambientais e culturais em resposta às necessidades da pessoa, família e coletividade. Compõe e interage com a equipe interdisciplinar e multidisciplinar e exerce suas atividades sob a supervisão do Enfermeiro.
O profissional habilitado pelo Senac tem como marcas formativas: domínio técnico-científico, visão crítica, atitude empreendedora, sustentável e colaborativa, com foco em resultados. Essas marcas reforçam o compromisso da instituição com a formação integral do ser humano, considerando aspectos relacionados ao mundo do trabalho e ao exercício da cidadania. Essa perspectiva propicia o comprometimento do aluno com a qualidade do trabalho, o desenvolvimento de uma visão ampla e consciente sobre sua atuação profissional e sobre sua capacidade de transformação da sociedade.
A ocupação está situada no eixo tecnológico Ambiente e Saúde, cuja natureza é ?cuidar? e pertence ao segmento de Saúde. No Brasil, o exercício profissional é regulamentado pelo Decreto n° 94.406/87 ? Regulamentação da Lei n° 7.498/86.

A seguir estão as competências que compõem o perfil do Técnico em Enfermagem:

Executar ações de prevenção, promoção, proteção, reabilitação e recuperação da saúde.
Participar da implementação da sistematização da assistência de enfermagem.
Administrar medicamentos, soluções e imunobiológicos.
Prestar cuidados de enfermagem de higiene, conforto e monitoramento das condições clínicas.
Prestar assistência de enfermagem em saúde mental.
Prestar assistência de enfermagem no período gestacional, parto, puerpério e ao recém-nascido.
Prestar assistência de enfermagem no período perioperatório.
Atuar em programas de qualidade e certificação hospitalar.
Administrar medicamentos de alta vigilância e hemocomponentes.
Prestar assistência de enfermagem em urgência e emergência.
Prestar assistência de enfermagem em cuidados críticos.
Prestar assistência de enfermagem em cuidados paliativos.

O curso de habilitação técnica de nível médio em Enfermagem do Senac possibilita ao aluno a seguinte certificação intermediária:

Auxiliar de Enfermagem

O Auxiliar de Enfermagem presta assistência a indivíduos e grupos sociais, atuando na educação, promoção, prevenção, recuperação e reabilitação dos processos saúde-doença em todo o ciclo vital, nos diferentes graus de complexidade do ambiente e gravidade dos clientes nos diversos serviços de saúde.
Atua na assistência direta e indireta de enfermagem em unidades de baixa complexidade em ambientes intra e extra-hospitalar, tais como ambulatórios de especialidades médicas, centros de educação infantil, escolas, instituição de longa permanência, laboratórios e centros de referência de atenção à saúde, além de atuar em programas de saúde pública como Estratégia de Saúde da Família.
O Auxiliar de Enfermagem formado pelo Senac tem como pilares de sua atuação profissional a humanização na assistência em saúde, a segurança do paciente e a postura profissional; é comprometido com a produção do cuidado prestado nos diferentes contextos socioambientais e culturais em resposta às necessidades da pessoa, família e coletividade. Interage com a equipe interdisciplinar e exerce suas atividades sob a supervisão do Enfermeiro.
O profissional qualificado pelo Senac tem como marcas formativas: domínio técnico-científico, visão crítica, atitude empreendedora, sustentável e colaborativa, com foco em resultados. Essas marcas reforçam o compromisso da instituição com a formação integral do ser humano, considerando aspectos relacionados ao mundo do trabalho e ao exercício da cidadania. Essa perspectiva propicia o comprometimento do aluno com a qualidade do trabalho, o desenvolvimento de uma visão ampla e consciente sobre sua atuação profissional e sobre sua capacidade de transformação da sociedade.
A ocupação está situada no eixo tecnológico Ambiente e Saúde, cuja natureza é ?cuidar? e pertence ao segmento de Saúde. No Brasil, o exercício profissional é regulamentado pelo Decreto n° 94.406/87 ? Regulamentação da Lei n° 7.498/86.

A seguir estão as competências que compõem o perfil do Auxiliar de Enfermagem:

Executar ações de prevenção, promoção, proteção, reabilitação e recuperação da saúde.
Participar da implementação da sistematização da assistência de enfermagem.
Administrar medicamentos, soluções e imunobiológicos.
Prestar cuidados de enfermagem de higiene, conforto e monitoramento das condições clínicas.
Prestar assistência de enfermagem em saúde mental.
Prestar assistência de enfermagem no período gestacional, parto, puerpério e ao recém-nascido.
Prestar assistência de enfermagem no período perioperatório.

Confira aqui os documentos exigidos para matrícula em seu curso. 

 


CURSOS PAGOS - CPF
- RG
- Comprovante de residência
- Comprovação dos requisitos de acesso, caso necessário
CURSOS PSG - PROGRAMA SENAC DE GRATUIDADE
Capacitação
- CPF
- RG
- Comprovante de residência
CURSOS PSG - PROGRAMA SENAC DE GRATUIDADE
Aperfeiçoamentos
- CPF
- RG
- Comprovante de residência
- Certificado de conclusão ou diploma, conforme exigido no requisito de acesso do curso ou autodeclaração de experiência.


- Apresentar originais e cópias de todos os documentos.
- Candidatos menores de 18 anos deverão comparecer acompanhados por um responsável legal, munido de cópia de CPF e RG.

É reservado ao SENAC o direito de cancelar qualquer curso, caso não haja número suficiente de alunos para a sua realização, bem como proceder a qualquer eventual alteração.

ATENÇÃO
Documentos para Inscrição on-line do Programa Senac de Gratuidade - PSG:







 

Encontre seu Curso